O Que é PBN? A Estratégia de SEO Mais PODEROSA da Atualidade (SEO avançado)


Este é um guia completo sobre como criar PBNs (Private Blog Networks), uma das estratégias mais poderosas de SEO da atualidade. Esse assunto está tomando conta do mercado de SEO brasileiro e já é muito difundido lá fora, por isso resolvi montar esse guia completo para que todos tenham entendimento dessa poderosa estratégia e possam aplicar em seus projetos.

Talvez muitos profissionais de SEO irão me criticar por estar mostrando essa estratégia tão abertamente, mas algo que eu prezo aqui no blog é exatamente mostrar tudo o que faço e não esconder nada de ninguém.

Bom, então se você não vai me xingar, eu te adoro!

Eu comecei esse post do básico para que todos possam entender e implementar. Então se você já é avançado leia com carinho até o final, beleza?

Então, que os jogos comecem!

O que é uma PBN?

Talvez você tenha caído de paraquedas aqui (que sorte a sua!) ou você já ouviu falar disso, mas não tem ideia do que seja. Bom, vamos lá.

PBN é a sigla de Private Blog Network, que traduzindo seria Rede de Blogs Privados. Essa é uma rede de sites de autoridade usados para construir links para o seu money site com o intuito de melhorar o posicionamento dele no Google.

Basicamente, adquirimos domínios expirados com boas métricas (você verá isso mais à frente) e criamos conteúdo para apontar para os nossos sites. Você vai já entender como escolher e comprar domínios expirados de alta relevância para os seus projetos.

Money site é um site que você quer ranquear no Google com objetivo de rentabilizar.

A estrutura básica de links de PBN é algo desse tipo:

PBN estrutura

Relevem a imagem feia, mas eu não sou bom desenhista 🙂

É importante informar que cada um desses sites é de UM site da PBN, pois PBN é uma rede de sites e não um site. PBNs = PBN site.

Isso é contra as diretrizes do Google?

Com certeza.

Ir contra as diretrizes do Google não quer dizer que somos criminosos virtuais que roubam dados de cartão de crédito, ok? Se formos seguir as diretrizes do Google em sua totalidade, não faríamos muitas coisas de SEO que costumamos fazer.

Eu recomendo que não dê muito ouvidos a isso, pois o objetivo do Google é ganhar dinheiro com AdWords, então SEO não é muito bem recebido por eles. E eu concordo com eles, ou você acha que eles trabalham de graça?

Isso funciona?

Recentemente o MOZ divulgou os principais fatores de posicionamento do Google em 2015. Adivinha qual foi o fator principal? LINKS! Links, meu amigo.

Veja a citação do próprio MOZ:

fatores posicionamento seo 2015 moz

Se você não manja de inglês, basicamente o texto fala que links continuam sendo extremamente fortes para ranquear um site, derrubando os rumores que links iriam perder força.

Por que isso funciona?

Backlinks são muito poderosos para SEO. Veja o gráfico abaixo disponibilizado pelo MOZ:

seo 2015 pbn

Perceba que no topo temos autoridade da página, seguido de 4 fatores que envolvem backlinks. Eu nem preciso falar muito, pois uma imagem vale mais que mil palavras, mas quero que você entenda que até hoje, backlinks são muito poderosos e, na minha opinião, continuarão sendo por muito tempo.

Parte 1 – Entendendo as métricas

Existem 4 métricas consideradas importantes na hora de analisar um domínio. Vamos entendê-las de uma vez por todas.

DA – Domain Authority/Autoridade de Domínio conforme o Moz
PA – Page Authority/Autoridade da Página conforme o Moz
TF – Trust Flow conforme o Majestic
CF – Citation Flow conforme o Majestic

Resumidamente, cada uma dessas métricas significa:

Domain Authority é a medida de autoridade de um domínio, ou seja, quão forte o domínio é com base nos links que apontam para ele.

Page Authority serve para medir a autoridade de uma determinada página, com base nos links apontando para ela.

Trust Flow mede a confiabilidade e a autoridade dos links que apontam para o site.

Citation Flow mede o poder/relevância passados através dos links que apontam para o site.

Para você ter uma base de quanto cada métrica dessa deve ter para o domínio ser considerado bom, aí vai:

DA: 15 +
PA: 15+
TF: 13 +
CF: 15+

Nem sempre eu compro domínios com métricas exatamente como essas, mas isso serve como uma base. Acontece de comprar domínios com métricas mais baixas, por isso é importante também levar em consideração outros fatores. Esses fatores são:

Domínios de Referência: Essa é uma métrica do Majestic que mostra o número de domínios que apontam para um determinado domínio. Um número acima de 30 é um bom sinal.

Backlinks: Aqui não vamos olhar para quantidade, mas para a qualidade dos domínios que estão apontando. Se você ver domínios de sites adultos, diretórios e qualquer tipo de links suspeito é bom cair fora.

Texto Âncora: O texto âncora é o texto que possui um link que aponta para outro site. O mais natural é que haja uma variação desse texto âncora e não uma repetição exagerada da mesma palavra. Veja também se o texto âncora não é relacionado a conteúdo adulto ou produtos como Viagra e relacionados.

Ferramentas para análise dessas métricas:

MOZ Bar – Serve para analisar DA e PA
Majestic – Verificar TF, CF, backlinks, e texto âncora

O MOZ Bar pode ser baixado gratuitamente e instalado no navegador, já o Majestic é pago, mas pode ser usado com limitações gratuitamente.

Parte 2 – Onde encontrar domínios expirados?

Existem muitas formas de encontrar domínios expirados. Geralmente as pessoas participam de leilões de domínios para comprarem domínios de qualidade. Eu prefiro seguir outro caminho. Não que eu esteja certo, mas é o que tem funcionado bem pra mim e eu pago bem barato.

Cada um faz da forma que achar melhor, então vou apresentar exatamente o que faço.

Encontrando domínios expirados

Eu uso um site chamado Expired Domains para “garimpar” bons domínios. Quando eu falo garimpar é porque o trabalho é bem demorado e pode ser até que você não encontre nada, como encontrar ouro na lama.

Acesse o https://www.expireddomains.net/ e crie uma conta lá. O próximo passo é escolher com qual TLD quer trabalhar, .com, .net, .org, .info etc. Eu sempre trabalho com essas TLDs que acabei de citar, mas nada contra as outras. Vai do seu gosto.

Para encontrarmos bons domínios, eu uso alguns filtros mostrados abaixo:

filtro expired domains pbn

Para abrir essa tela clique em “Show filter” do lado esquerdo.

Você pode escolher os próprios filtros. Esses pontos da imagem são para lhe dar uma base. Tendo isso em mente, vamos à lista que encontramos.

lista de domínios expirados

Note que a minha lista está por ordem crescente de PR (Page Rank). Geralmente eu uso essa métrica para encontrar os melhores domínios. Sei que você deve estar pensando que o Page Rank não é mais atualizado e bla bla bla, mas eu me baseio nele pois não ser mais atualizado não quer dizer que não seja mais relevante.

Agora você vai olhar para o número de Backlinks (BL) e Domain Pop (DP). A ideia é que o número encontrado no BL não seja tão distante de DP, pois DP é a quantidade de domínios diferentes apontando para o seu site. Então se o site tem 1.000 backlinks e 2 domínios, quer dizer que cada 1 dos domínios apontou 500 links para um site e isso provavelmente é Spam!

A proporção que eu uso aqui é de 20% a 30%. Por exemplo, se tiver 1.000 backlinks, espero que seja de pelo menos 200 domínios diferentes, o que significa que, em média, cada domínio linkou o site 5 vezes. Nada absurdo.

Pronto, junte um alto PR + uma boa proporção de backlinks e domínios diferentes e já temos uma métrica para encontrar domínios expirados.

Agora você irá copiar os domínios que seguem essas métricas e colocar no Google usando “site:nomedodominio.com” para saber se o domínio está indexado. É importante que o domínio esteja indexado no Google, pois caso contrário, ele pode ter sido penalizado e não servirá para nós.

Exemplo de domínio NÃO INDEXADO:

dominio nao indexado google

Exemplo de domínio INDEXADO. Aproveite agora para ativar o MOZ Bar instalada no seu navegador para identificar o PA e DA do site que você encontrou:

site indexado google

Perceba que o site possui o DA 24 e há uma página com PA 15. Detalhe: normalmente a página inicial tem o PA maior, então quando você encontrar uma página com PA dentro da métrica que citei, pode ir em frente. Nesse caso, o domínio passou nas métricas de PA (15+) e DA (15+), conforme já citei anteriormente.

Agora precisamos colocar ele no Majestic para analisarmos o TF, o CF, ver os backlinks e analisar a qualidade dos domínios e o texto âncora.

majestic

No Majestic, esse site não passou pelas nossa métricas, lembrando que o TF deve ser no mínimo 13 e o CT no mínimo 15. Bom, como eu já falei, em alguns casos eu comprei domínios com TF e CF abaixo das métricas que estamos usando, mas para isso precisamos analisar outros fatores como backlinks e texto âncora. Se você for iniciante, recomendo seguir as métricas e não arriscar.

Está gostando desse artigo? 🙂

Inscreva-se no campo abaixo para receber um ebook 100% gratuito e ser o primeiro a receber novas atualizações do blog. 😉

Agora é preciso analisar os backlinks para saber se os sites que estão apontando parecem verídicos ou parecem sites de spam.

backlinks majestic

Esse passo é bem trabalhoso, pois você precisa entrar em cada um dos sites para analisar. Claro que você não vai fazer isso com todos, mas pelo menos de 10 a 20 sites é o recomendável.

Outro ponto fundamental para analisar no Majestic é a variação do texto âncora. Se o site tiver pouca variação isso é um problema, pois pode ser considerado spam. Veja um exemplo de site com pouca variação de texto âncora:

texto ancora spam

Veja que esse exemplo acima além de ter um palavra com 86% de repetição no texto âncora, ainda é relacionado a um produto para disfunção erétil. Mal sinal…

Agora vejamos um exemplo de uma boa variação de palavra-chave:

texto ancora variado

Depois de escolhido o domínio com base nos fatores citados, é hora de registrar. Normalmente eu utilizo o GoDaddy para registrar meus domínios, mas existem outros sites que vendem domínios bem baratos, como o NameCheap, bem conhecido da comunidade SEO.

Se o domínio estiver disponível, basta registrar e começar os trabalhos!

Considerações importantes sobre criação de PBN

Como o que estamos fazendo é contra as diretrizes do Google, precisamos tomar alguns cuidados para não deixar footprints/pegadas e sermos penalizados.

Um ponto que você deve levar em consideração é esconder seus dados. Quando você registra um domínio, seu nome, telefone, endereço e outros dados ficam públicos caso alguém consulte através do WHOIS. Não se preocupe, os serviços de hospedagem oferecem serviço de privacidade dos dados pagando uma taxa extra na contratação. Recomendo também variar e não privar todos os seus sites de PBN, pois pode parecer estranho também.

Parte 3 – Hospedagem do domínio

Agora você tem um nome de domínio de alta relevância e precisa hospedá-lo em algum servidor.

É importante contratar diferentes serviços de hospedagem para seus sites de PBN. Recomendo de 2 a 3 sites por hospedagem. Se você errar esse passo, provavelmente estará dando uma brecha enorme para o Google lhe descobrir.

como colocar meu site blog na primeira página do google

Eu recomendo que mescle o uso de servidores diferentes com o CloudFlare que também mascara o DNS. Existem servidores de hospedagem que custam R$ 5 por mês, então não tem desculpa para contratar.

Parte 4 – Configurando o site

Quando você contratar seu serviço de hospedagem, você receberá o acesso ao cPanel (normalmente). Você não precisa ser um desenvolvedor para instalar o WordPress no seu site e começar a trabalhar. Dentro do cPanel geralmente existem duas formas de fazer essa instalação bem fácil, uma é o QuickInstall e outra é o Softaculous. As duas são extremamente simples.

quickinstall passo 1

O próximo passo é escolher o WordPress para realizar a instalação:

quickinstall passo 2

Agora basta preencher os dados solicitados e clicar em “Install”.

quickinstall passo 3

Pronto! Você não imaginou que seria tão fácil, né?

Agora é hora de configurar o site e criar conteúdo. Antes de tudo precisamos criar um conteúdo baseado no conteúdo antigo do site para ser o mais natural possível. Imagine que um site falava sobre carros e agora você vai falar sobre dietas para apontar para o seu site sobre dietas. Não faz muito sentido, não é verdade?

Para isso nós iremos relacionar o conteúdo do antigo site com o conteúdo que queremos.

Relacionando o conteúdo antigo com o novo

O que a maioria das pessoas fazem é descobrir do que se tratava o site expirado e relacionar ao assunto que deseja. Por exemplo, se o site escolhido falava sobre carros e você quer linkar para um site de emagrecimento, você deve arrumar uma maneira de unir os dois assuntos em um só. Você poderia falar, por exemplo, que andar a pé pode ser mais saudável e emagrecer, ao contrário de andar de carro. Pronto, com um pouco de criatividade você uniu dois assuntos distintos em um.

Alguns acham que não é necessário fazer isso, mas todo cuidado aqui é pouco.

Para saber qual era o assunto do site expirado, basta colocar o domínio no site chamado Wayback Machine e descobrir como o site era antes.

Usando o exemplo anterior, temos:

wayback machine 1

Parece que o site falava sobre bijuteria/jóias:

wayback

Agora que temos o domínio, a hospedagem e o assunto, vamos instalar o tema do WordPress.

Tema para WordPress

Esse ponto é extremamente importante. É necessário escolher um tema que mostre os posts completos na página inicial e não apenas um resumo deles. Isso porque a relevância maior está toda na página inicial.

Modelo errado:

post blog resumo

Modelo correto:

post blog completo

Plugins essenciais

Como o site será criado novamente, muitas páginas antigas não existirão mais. Isso é um mal sinal, pois essas páginas estava recebendo links. Para evitar de perdermos esses links, usamos alguns plugins que redirecionam as páginas inexistentes para a página inicial, concentrando toda a relevância dos backlinks na página inicial. Recomendo alguns plugins para isso:

Linkjuice Keeper
404 Redirection

Parte 5 – Criação de conteúdo para o site

Agora é hora de criar o conteúdo para o seu novo site. Aqui algumas pessoas cometem um erro comum que é fazer o primeiro post do blog já com links para seus money sites.

Precisamos deixar claro que o blog precisa parecer o mais natural possível. Isso quer dizer, o que você faria quando criasse um blog novo? Sairia linkando para outros sites?

Provavelmente você criaria um post de boas-vindas, criaria uma página de apresentação, mais uma página de contato e por aí vai.

Você precisa tomar muito cuidado com esse passo, pois se for com muita sede ao pote poderá ser descoberto e poderá ser penalizado.

Criando os primeiros conteúdos

Depois de criado o primeiro conteúdo de boas-vindas SEM LINK ALGUM, vamos criar os outros posts. Claro que você não irá criar todos no mesmo dia. Como eu disse, precisa ser o mais natural possível.

Você pode criar um post por dia, ou um post a cada dois dias, um por semana e por aí vai.

Para um conteúdo parecer legítimo é necessário seguir algumas recomendações:

  • Ter entre 500 a 700 palavras (ou mais que isso)
  • Ter links para sites de autoridade
  • Ter imagens
  • Ter vídeos

Inscreva-se no campo abaixo para receber um ebook 100% gratuito e ser o primeiro a receber novas atualizações do blog. 😉

Mais uma vez, seja natural. Nem todos os posts terão vídeos, assim como nem todos os posts terão entre 500 e 700 palavras. Faça isso usando bom senso e alterne os tipos de posts. Alguns coloque uma imagem, em outros coloque uma imagem e um vídeo, em outro coloquei três imagens e por aí vai.

Criando as páginas

Existem vários tipos de páginas que você pode criar no seu site para passar credibilidade ao Google e mostrar que seu site é verídico. Páginas como:

  • Quem somos – Fale sobre o que é o site ou sobre você (recomendo usar um pseudônimo)
  • Contato – Coloque um formulário de contato nessa página. Recomendo usar o plugin Contact form 7 pra isso.
  • FAQ – Você pode criar uma página de perguntas frequentes.
  • Política de Privacidade / Termos e Condições – Você também pode criar uma página com as políticas do site.

A criação dessas páginas é essencial para iniciar um site de PBN. Não esqueça de realizar esse passo.

Parte 6 – Estrutura do site

Agora você já tem um site com páginas e posts que parecem naturais. Para deixar seu site ainda mais seguro contra penalidades, recomendo criar alguns itens de personalização, como:

Criação de logotipo
Menu de navegação
Personalização da Barra Lateral/Sidebar

Isso vai deixar seu site ainda mais personalizado e fazer com que ele passe despercebido aos olhos do Google.

Parte 7 – Linkando para seu money site

Algumas recomendações:

  • Crie um post para cada money site que for linkar
  • Não mais que 2 links para um money site
  • Não linke seu site de PBN para mais de 8 money sites
  • Tente inserir links externos para sites de autoridade

O conteúdo que você irá escrever para linkar para seu money site deve ser baseado no conteúdo antigo do site. Bom, isso não é regra e nem sempre eu faço isso, mas o seguro morreu de velho. Meu objetivo é que você tente fazer tudo o mais perfeito possível.

Se o domínio que você comprou é do mesmo assunto do site que você deseja linkar, então não tem muito o que fazer, basta criar conteúdo relacionado ao tema.

como colocar meu site blog na primeira página do google 2016

O problema é que nem sempre é assim. Encontrar um domínio expirado no nicho que a gente quer é muito difícil.

Digamos que você comprou 5 domínios expirados com os seguintes temas:

  • Blog sobre perda de peso
  • Site sobre webdesign
  • Advocacia
  • Finanças
  • Site de relacionamento

E seu site é sobre “emagrecimento”. Nesse caso você pode criar conteúdos como esses:

  • Qualquer assunto relacionado à perda de peso
  • Como fazer o design de um site de emagrecimento
  • As leis que os educadores físicos têm que seguir para ensinar a perder peso
  • Como emagrecer pode melhorar sua autoestima e fazer você ganhar mais dinheiro
  • Como perder peso e atrair mais pessoas

Eu sei que alguns assuntos são bem difíceis de mesclar, mas como o objetivo não é fazer um conteúdo para alguém ler, você pode dar uma “viajada” nas ideias e escrever algo usando sua criatividade.

Dica esperta: É recomendável inserir 1 ou 2 links para seu money site em cada post.

Eu também recomendo que cada site da sua PBN link apenas 1 ou 2 vezes para seu money site, ou seja, você deve criar um ou dois posts no máximo para o mesmo site. Não exagere!

Texto âncora

Fique muito esperto em relação ao seu texto âncora. É ele que vai identificar a palavra-chave que você quer ranquear seu money site. Esse é um ponto de extrema importância no nosso processo.

Imagine que você quer posicionar seu site de emagrecimento para o termo “como perder peso rápido”. Você deverá criar um texto âncora com o termo “como perder peso rápido”, correto? Sim, mas é preciso ter muito cuidado.

Como falei anteriormente, um texto âncora repetitivo pode parecer spam e você pode ser penalizado. Por isso é preciso seguir algumas recomendações.

  • Use variações da palavra-chave
  • Use o nome do seu site/sua marca no texto âncora
  • Crie links a partir de imagens
  • Crie links genéricos (saiba mais, clique aqui, confira)

No caso do site de emagrecimento, devemos usar termos como:

  • como perder peso rápido
  • perda de peso
  • guia para perda de peso
  • saiba tudo sobre perda de peso
  • passo a passo para perder peso
  • como perder peso com saúde

Cada uma dessas palavras deve ser usado apenas uma vez.

O nosso objetivo com isso é criar links de forma bem natural, sem exagero na palavra-chave principal. O Google vai entender que aquele site que está sendo linkado é sobre perda de peso. Não se preocupe em usar apenas o termo exato.

Quando você linkar o seu money site, lembre-se de linkar a página que quer ranquear para determinada palavra-chave. Como você vai linkar 2 vezes o seu money site em 1 post do site da PBN, você pode linkar para outra página ou para a página inicial do seu money site.

Normalmente eu linko uma página que quero ranquear e aproveito para linkar a página inicial, pois essa tende a ranquear mais fácil.

Vamos para um exemplo prático…

Vamos considerar que você tenha 10 sites na sua PBN. Isso significa que você tem 20 links para usar para o seu money site (2 links de cada site da PBN).

Usando o exemplo do site de emagrecimento, vamos usar um nome fictício de sitedeemagrecimento.com e queremos ranquear a página sitedeemagrecimento.com/como-perder-peso-rapido.

Para um melhor uso dos sites da nossa PBN, podemos linkar não só a página que queremos ranquear, mas outras páginas também. Dessa forma temos as páginas / quantidade de links a seguir:

sitedeemagrecimento.com/como-perder-peso-rapido/ 9 links
sitedeemagrecimento.com/ 6 links
sitedeemagrecimento.com/quem-somos/ 2 links
sitedeemagrecimento.com/perguntas-frequentes/  2 links
sitedeemagrecimento.com/politica-de-privacidade/  1 link

Antes que você pense que está desperdiçando links apontando para páginas que não quer ranquear, preciso te dizer uma coisa.

Dessa forma que apresentei, seu site parecerá mais natural e suas chances de penalização diminuem. Imagine que você tem um site com 20 páginas e apenas 1 recebe links. É no mínimo estranho, concorda?

Outro motivo para não se preocupar é que você pode fazer uma linkagem interna das páginas secundárias para a página que quer ranquear. Basta colocar links a partir delas apontando para a página que quer posicionar.

Você pode colocar links de 3 formas:

  • Texto âncora – Como já falamos, você vai escolher palavras-chaves e colocar o link dentro de cada uma delas.
  • Imagens – Você também pode deve usar imagens para linkar para o seu money site. Assim fica mais natural ainda.
  • Link cru – Outra forma de linkagem é usando o link cru, sem estar dentro de um texto, dessa forma: sitedeemagrecimento.com/como-perder-peso-rapido/

Dica: Para o link na imagem, utilize a tag Alt (texto alternativo) para inserir a palavra-chave que quer ranquear, como na imagem a seguir:

palavra chave na imagem

Depois de tudo que já falei, atente-se às seguintes informações:

Quantos money sites diferentes eu posso linkar em cada site da PBN? Não existe uma regra, mas leve em consideração 8 sites no máximo.

O limite de posts na página inicial é de 10 posts. Depois disso, os posts vão para a segunda página do seu blog de PBN.

Como você terá 10 posts para linkar para seus money sites, é recomendado separar 2 para não colocar link algum, por isso totalizamos 8 money sites que você pode linkar.

Dicas Extras

Separei aqui algumas dicas para potencializar o uso da sua PBN e mantê-la segura.

Bloqueando bots indesejados

Alguns de seus concorrentes provavelmente vão querer analisar seus links e poderão descobrir os sites da sua PBN. Por isso, precisamos bloquear bots que rastejam em nosso sites para colher informações.

Provavelmente seus concorrentes usam ferramentas bem conhecidas, como Majestic. Moz e Ahrefs para analisar backlinks. Então vamos bloquear essas ferramentas para manter nossa PBN longe dos olhares dos concorrentes, que podem até nos prejudicar usando alguma estratégia para derrubar nossos sites.

Para isso você precisa inserir o seguinte código no .htaccess do seu site:

SetEnvIfNoCase User-Agent .*rogerbot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*exabot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*mj12bot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*dotbot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*gigabot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*ahrefsbot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*sitebot.* bad_bot
SetEnvIfNoCase User-Agent .*spbot.* bad_botOrder Allow,Deny
Allow from all
Deny from env=bad_bot

Isso vai manter seus sites da PBN mai seguros e fora do raio dos concorrentes.

Conclusão

Você acaba de ter acesso a uma das mais poderosas estratégias de SEO da atualidade. Simplesmente grandes nome do SEO internacional utilizam essa estratégia em seus projetos.

Com o uso de PBN é possível ranquear sites com muito mais facilidade e bater de frente com grandes concorrentes do seu nicho. Claro que é necessário usar essa estratégia atrelada a outras. Não adianta usar PBN e negligenciar outros fatores importantes para SEO. Se você usar a estratégia de PBN para um site mal otimizado, por exemplo, você estará desperdiçando uma estratégia poderosa.

como colocar meu site blog na primeira página do google

É importante ressaltar que essa estratégia deve ser usada com muita cautela, pois como já foi dito, ela fere as diretrizes do Google por estar conseguindo links de maneira que não é natural.

Alguns SEOs ficarão furiosos comigo por estar compartilhando essa estratégia tão abertamente e com tanto detalhes, mas eu sempre digo aqui no blog que conteúdo deve ser compartilhado. Pra você ter ideia já existem cursos somente sobre criação de PBNs. O que te mostrei aqui é realmente algo valioso e poucos na internet brasileira estão abrindo o jogo sobre esse assunto.

Espero que tenha gostado do conteúdo e deixe seu comentário, compartilha nas redes sociais e faça bom proveito dessa poderosa estratégia.

Até a próxima!

Inscreva-se no campo abaixo para receber um ebook 100% gratuito e ser o primeiro a receber novas atualizações do blog. 😉

Até breve! Sucesso,

Dionathan Machado

Gostou? Compartilhe!

Conteúdo

Meu nome é Vicente Sampaio, sou empreendedor digital e eu trabalho com otimização de sites (SEO) e vou te mostrar como ganhar dinheiro na internet, apresentando exatamente tudo que eu faço para realizar vendas através da internet.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s